Pesquisadores avaliaram a segurança de pacientes em uso do medicamento biológico Remicade (infliximabe) no período pré-operatório.

Segundo o pesquisador Gang Liu e equipe,  “1/3 dos pacientes com doença de Crohn requerem tratamento cirúrgico quando a duração da doença passa de 5 anos e 70% dos pacientes com doença de Crohn passarão, inevitavelmente, por uma cirurgia durante a sua vida.”

Os pesquisadores não encontraram nenhuma diferença significativa na incidência entre o grupo de pacientes que recebeu o medicamento e o que não recebeu. Relataram, então, que suas descobertas mostram que Remicade (infliximabe) parece relativamente seguro para o uso pré-operatório para o tratamento da doença de Crohn.

“Pacientes com doença de Crohn que têm indicação cirúrgica não precisam suspender o uso do Remicade  (infliximabe) antes da operação, no entanto, a segurança ainda precisa ser avaliada por mais estudos a longo prazo com um número maior de pacientes”.

Fonte: Healio Gastroenterology

Visite aqui a página no Facebook, o Instagram Farmale e o Canal Farmale!
Não esqueça de curtir a página para saber de todas as atualizações do blog!
Compartilhe essa informação com alguém que possa estar precisando dela!
O Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento.
O Farmale é o blog oficial da ALEMDII – Associação do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais

 

Siga nas redes sociais: