A doença de Crohn e a retocolite ulcerativa são os dois tipos mais comuns dentre as doenças inflamatórias intestinais

Embora tais condições apresentem sintomas similares e tenham terapias similares, as enfermidades não são iguais. Na retocolite ulcerativa, das múltiplas camadas da parede intestinal, somente o cólon e o reto são afetados e somente o revestimento mais interno do cólon, a mucosa, fica inflamado. A retocolite ulcerativa também compromete de forma proximal, ou seja, começa no reto e pode se espalhar continuamente pelo intestino grosso (cólon).

A doença de Crohn, por outro lado, pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal (GI), desde a boca até o ânus. Ao contrário da retocolite ulcerativa, o Crohn pode poupar segmentos do intestino antes e aparecer em outros. As áreas mais comumente afetadas, no entanto, são a parte inferior do intestino delgado (íleo) e o intestino grosso (cólon). Do mesmo modo, nos pacientes com Crohn a inflamação não para na mucosa (revestimento do tecido) e pode acometer da parede do intestino até a serosa (membrana que reveste as alças intestinais).

Fonte: Guia de Cuidados na Infância com DII

Visite aqui a página no Facebook, o Instagram Farmale e o Canal Farmale! Não esqueça de curtir a página para saber de todas as atualizações do blog!
Compartilhe essa informação com alguém que possa estar precisando dela!
O Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento.
O Farmale é o blog oficial da ALEMDII – Associação do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais
Siga nas redes sociais: