Os Encontros Farmale são organizados para levar as melhores informações para os pacientes. Informações seguras compartilhadas por profissionais experientes em Doença Inflamatória Intestinal. Hoje tivemos o privilégio de contar com a presença do Dr Flavio Abby que além de compartilhar muitas informações importantes sobre os exames endoscópicos, também compartilhou que tem doença de Crohn o que lhe despertou o interesse pela Medicina. 


Nesse encontro tivemos a oportunidade de entender a importância dos exames endoscópicos, como a colonoscopia por exemplo, para o diagnóstico, tratamento e acompanhamento da doença, inclusive quando estamos em remissão. Foram tantas informações importantes… fiquei muito feliz com essa oportunidade. 

Agradeço ao Dr Marcelo Caldeira Barbosa, Responsável Técnico e Gestor do CIT RJ, pela confiança e interesse no meu trabalho. Sempre conversamos bastante nos dias da minha infusão com Remicade e sempre saio com mil idéias e inspirações. 

Sinto-me privilegiada em poder contar com o apoio e confiança de médicos e de outros profissionais de saúde, profissionais que acreditam, assim como eu, na importância do paciente educado e bem informado sobre a sua doença, do paciente empoderado. 

Obrigada AssociaçãoBrasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn pela confiança em enviar as edições da revista ABCD em Foco e da Cartilha dos Direitos e Responsabilidades dos Pacientes com DII.


Apresentando a Cartilha da MulherOstomizada, a ABCD Em Foco e a Cartilha dos Direitos e Responsabilidades dos Pacientes com DII:
Alguns slides da palestra do Dr Flavio Abby:


Obrigada pela presença de todos! Agora rumo ao III Encontro Farmale!




Quer saber mais sobre os eventos? www.farmale.com.br/search/label/Eventos
Visite aqui a página no Facebook. Não esqueça de curtir a página para saber de todas as atualizações do blog!
Compartilhe essa informação com alguém que possa estar precisando dela!
O Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui