Descobri a doença em Janeiro de 2016, tinha muitas idas ao banheiro num dia só chegava a ir de 5 a 10 vezes, no auge da doença, cheguei a ir 20 vezes num só dia, sangrava muito, tinha um cansaço terrível, muita fadiga, anemia profunda, tontura, febre alta, dores horríveis no abdômen. Resolvi ir ao médico, e o mesmo me solicitou uma Colonoscopia, no mês seguinte fiz o exame, no qual foi dado o diagnostico de Retocolite Ulcerativa.
Quando descobri a doença fiquei muito assustada, nunca tinha ouvido falar dessas doenças (Doença de Chron e Retocolite), já tinha ouvido falar de câncer no reto. Fiquei triste, apavorada assustada, tive depressão me questionava muito o porque de eu ter essa doença.
Tive 3 internações, na última internação fique 15 dias na Uti, tomei 5 bolsas de sague, fiquei toda inchada por causa dos Corticoides, tive alergia a 2 remédios, mau conseguia andar, foram os piores dias da minha vida. Emagreci 13 quilos e ainda tive um trombo embolismo pulmonar por causa da doença. No hospital o tratamento foi a base de corticoides, imuran, sulfalazina, vitaminas, e uma dieta a base de sopa nos primeiros dias e depois comecei uma dieta de alguns alimentos. Minha vida mudou tanto na parte de alimentação como um pouco na parte social, acabei ficando mais reclusa, ficava com receio de sair de casa, de ter que ir várias vezes ao banheiro. Hoje já não tenho mais receio de sair. Muitos amigos e familiares não tinham noção do que é essa doença. Meu tratamento hoje é a base de remédios (Pantoprazol, Xarelto Rivaroxaba, Imuran Azatioprina e Frontal). 
 
 
Tenho uma dieta rigorosa (não como açúcar, não tomo leite e nem derivados, não posso comer certas frutas, legumes e verduras, não como frituras, nem refrigerantes, não como gorduras, não bebo). Faço fisioterapia, passo com o psicólogo. Infelizmente, a Retocolite Ulcerativa não tem cura, hoje já aceito a doença, consigo conviver com ela, não é fácil, só quem tem sabe o que passamos e sentimos. Hoje estou em remissão a 5 meses. A gente não pode desistir de viver, hoje já me adaptei ao meu novo estilo de vida. Todos temos metas e objetivos em nossas vidas, por mais que sejam árduas as batalhas, não desisto daquilo que acredito.
Meu nome é Marcela Burnett, tenho 38 anos, moro em São Paulo/SP, sou Tecnologa em Informática, tenho Retocolite Ulcerativa. Meu perfil no Facebook: www.facebook.com/marcela.burnett e o meu Instagram: www.instagram.com/marcelaburnett
 
 
Conte sua história também! Expressar-se tranquiliza a dor.
Compartilhe a sua história aqui.  Para ler os depoimentos clique aqui.
Siga nas redes sociais:
error

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui