Ter um bichinho de estimação é muito gratificante e pode ajudar você a se sentir mais feliz. 

Para muitas pessoas, os bichinhos de estimação são mais do que animais, eles fazem parte da família e o juramento dos matrimônios “Na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença” se encaixa muito bem na fidelidade dos animais de estimação. Inclusive a última parte pode ser levada ao pé da letra: está se tornando cada vez mais comum que os pets colaborem para a recuperação de pacientes dos mais variados casos clínicos. Vou explicar um pouco sobre isso mais à frente. 

Esse quadrinho com as palavras da Catarina Varges, demonstra muito bem o quanto os animais de estimação são importantes para algumas pessoas. Claro que eu não posso deixar de alertar que existe o risco de contrairmos algumas doenças deles, mas com responsabilidade e cuidados bem simples, a convivência será muito sadia para ambos. 






Catarina é de Lisboa/Portugal, mãe de duas meninas de 12 e 17 anos. Naveen é seu filho felino e tem 6 anos. Tem o diagnóstico da doença de Crohn desde 2002, na época ela estava com 29 anos e já passou por cirurgias devido a complicações com fístulas.


 



Em 2013 ela quase não podia andar por causa das fístulas, mas venceu essa batalha e vem vencendo muitas com uma história de superação inspiradora!

Adora praticar esportes e até maratonas! Sua primeira maratona (42 Km!!!) foi ano passado, dia 18 de outubro, participou de outra em fevereiro desse ano e agora ela está se preparando para a próxima maratona em outubro. 

Em 2013 ela quase não podia andar por causa das fístulas, mas venceu essa batalha e vem vencendo muitas com uma história de superação inspiradora!

Adora praticar esportes e até maratonas! Sua primeira maratona (42 Km!!!) foi ano passado, dia 18 de outubro, participou de outra em fevereiro desse ano e agora ela está se preparando para a próxima maratona em outubro. 

Ontem conversamos enquanto ela fazia a infusão com o Inflixmab a medicação que vem mantendo ela longe das crises. Catarina, muito obrigada pelo seu depoimento, muita saúde e que venham muitas vitórias! 

Uma pesquisa realizada pela Baker Medical Research Institute comprovou que proprietários de cães e gatos apresentam taxas menores de colesterol e triglicérides que aqueles que não tinham animais. Ambas as taxas favorecem a aterosclerose, formação de placas que entopem as artérias, possibilitando infartos e outros problemas no coração. Além disso, ter um animal de estimação faz com que pacientes com maiores riscos de problemas cardiovasculares, por apresentarem fatores de risco como fumo e excesso de peso, melhoram seus hábitos ao possuírem um animal de estimação.

Provado por estudiosos, o amor entre paciente e animal consegue diminuir a liberação da adrenalina, noradrenalina e cortisol, portanto, reduz a frequência cardíaca, pressão arterial e o estado de alerta, promovendo a calma. Aumenta ainda a ocitocina, responsável pela empatia, confiança e habilidade social, diminuindo o estresse. Cresce, também, a liberação de dopamina e beta-endorfina, gerando sensação de alegria, bem-estar e afeto.

A minha intenção aqui como essas informações é conscientizar as pessoas sobre o quanto um animal de estimação pode ser benéfico para a sua saúde física e mental.


Mantenham seus bichinhos saudáveis, um animal saudável é menos suscetível a contrair doenças e passá-las para os humanos. Tomando todos os cuidados em relação a saúde do bichinho mantendo as vacinações e as consultas com o Veterinário em dia vocês terão uma ótima e saudável convivência.

Outras dicas para uma convivência sadia:

  •  Se você desconfiar que seu bichinho de estimação está doente, consulte um veterinário o quanto antes.
  • Seu bichinho deve ser levado ao veterinário se ele apresentar diarreia. Seu bichinho deve ser vermifugado regularmente.
  • Se eles apresentarem pulgas/carrapatos/ácaros, eles devem ser levados ao veterinário, para serem tratados. A sua residência precisará ser tratada, ao mesmo tempo, se seu bichinho tiver pulgas.
  • Não deixe que as unhas do seu bichinho cresçam muito, pois unhas longas podem arranhar. Peça ao seu veterinário para cortar as unhas do seu animal. Nunca tente cortá-las em casa, a não ser que o veterinário tenha lhe ensinado como fazê-lo.
  • Leve seu bichinho para um check-up no veterinário, ao menos uma vez por ano.
  • Mantenha as vacinações e imunizações em dia. Se tiver dúvidas, pergunte ao seu veterinário sobre programas de vermifugação e vacinação.
  •  Se você desconfiar que seu bichinho tem infecção na pele, leve-o ao veterinário.

E para finalizar esse texto, compartilho aqui com vocês uma história cheia de amor:

O fotógrafo norte-americano Ben Moon foi diagnosticado com câncer em 2004. Ele batalhou um ano contra a doença e anunciou que estava curado no início de 2005. Moon atribuiu grande parte de sua superação a Denali, o seu cachorro vira-lata. 

Infelizmente, dez anos após a superação da doença do dono, o cachorro enfrentou a sua própria batalha contra o câncer. Nos últimos dias do cachorro, o fotógrafo e um amigo, decidiram fazer um pequeno vídeo sobre a história do animal. As imagens retratadas mostram o incrível companheirismo entre o ser-humano e o seu cachorro. O vídeo também é um agradecimento e uma homenagem de Moon ao seu animal de estimação.

Fontes:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui