MS orienta sobre prevenção à COVID-19 durante a campanha de vacinação contra influenza

Tendo em vista o Plano de Ação para Medidas não farmacológicas instituído pelo Ministério da Saúde em 13 de março de 2020 que tem como objetivo reduzir o risco de transmissão do COVID-19 e consequentemente retardar a epidemia no país, o Ministério da Saúde emite essa nota com recomendações sobre medidas de saúde pública de prevenção à disseminação do COVID-19 diante de aglomeração de pessoas na campanha de vacinação contra a Influenza e estratégia de vacinação contra o Sarampo.

Durante o momento da campanha de vacinação contra a influenza e da estratégia de vacinação contra o sarampo, vários formatos de organização do processo de trabalho das equipes podem ser admitidos com intuito de evitar aglomerações.

Neste momento, é importante vacinar o maior número de pessoas entre o público-alvo e, ao mesmo tempo, evitar aglomerações. Nesse sentido, a Secretaria Municipal de Saúde de cada município e a rede de serviços de Atenção Primária à Saúde / Estratégia Saúde da Família devem estabelecer parcerias locais com instituições públicas e privadas a fim de descentralizar o máximo possível a vacinação para além das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Possíveis parceiros podem ser os serviços de assistência social, a rede de ensino, as Forças Armadas, as entidades vinculadas ao Sistema S e a extensa rede de farmácias privadas do país, entre outros.

LEIA TODO O DOCUMENTO: https://sbim.org.br/images/files/notas-tecnicas/sei-ms-0014014102-vacinacao-influenza.pdf

Orientações sobre a vacinação de pessoas que tenham sido casos confirmados de COVID-19

Não existem na literatura informações específicas sobre a interação do COVID-19 com a resposta as vacinas. Para minimizar a disseminação da doença, pessoas com sintomas respiratórios ou febre deverão ser orientadas a não comparecerem para a vacinação, enquanto houver sintomatologia, podendo ser vacinados após resolução dos sintomas. Casos suspeitos ou confirmados de COVID-19 poderão ser vacinados apenas após a resolução dos sintomas. Para acesso aos cartazes sobre o COVID-19 ou outras informações, acesse o site: hps://aps.saude.gov.br/nocia/7236

Para maiores informações baixe o aplicativo CoronavÍrus – SUS, ou entre em contato com o 136.

Fonte: SBIM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui