Consulta Pública Nº 44

A Consulta Pública 44 está aberta desde o dia 31 de julho para manifestação da sociedade civil a respeito da recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (CONITEC) no Sistema Único de Saúde (SUS) relativa à proposta de incorporação dos medicamentos biológicos adalimumabe, golimumabe, infliximabe e vedolizumabe para tratamento da colite ulcerativa moderada a grave.

A incorporação dos medicamentos adalimumabe, golimumabe, infliximabe e vedolizumabe no SUS para tratamento da retocolite ulcerativa moderada a grave é uma demanda do Ministério da Saúde. Todos esses medicamentos estão registrados na Anvisa, dentre outras indicações, para tratamento de RCU em pacientes que não apresentam melhora ao utilizar os medicamentos já existentes no SUS para tratar esta doença.

Todos eles possuem apresentação para uso injetável e são substâncias que diminuem a inflamação e aceleram a cicatrização da mucosa em pacientes com a doença.

A Conitec analisou as evidências científicas sobre eficácia, segurança, custo-efetividade e impacto orçamentário desses biológicos para tratamento da RCU. Os estudos mostraram que, em pacientes que nunca fizeram uso de biológicos, o infliximabe e o vedolizumabe são os que melhor mantêm a doença controlada e a mucosa cicatrizada. O infliximabe tem um desempenho melhor do que o adalimumabe e o golimumabe. Somente houve aumento das taxas de eventos adversos com o uso do infliximabe.

A análise do impacto orçamentário com a inserção dos quatro biológicos para RCU moderada a grave após falha da terapia convencional, seria cerca de R$ 89,4 milhões no primeiro ano, totalizando cerca de R$ 393,5 milhões em cinco anos. Caso fosse incorporado apenas o golimumabe, o infliximabe e vedolizumabe nas proporções 20%, 40% e 40%, respectivamente, o impacto no orçamento no primeiro ano seria de R$ 96 milhões com total de R$ 425,8 milhões em cinco anos.

Recomendação inicial da Conitec

O plenário da Conitec, presentes na 79ª reunião ordinária, realizada nos dias 3 de julho e 4 de julho de 2019, consideraram que há pacientes que não apresentam resultados positivos ao tratamento disponível no SUS para esta doença e que eles poderiam se beneficiar com o uso de um biológico. Como o infliximabe e o vedolizumabe tiveram os melhores resultados frente aos demais biológicos, a incorporação do vedolizumabe deveria ocorrer somente se o custo do tratamento com ele for igual ou inferior ao tratamento com infliximabe.

Sendo assim, o plenário da Conitec recomendou inicialmente a incorporação no SUS do vedolizumabe e infliximabe para retocolite ulcerativa moderada a grave. A recomendação foi disponibilizada em consulta pública por 20 dias (até 19 de agosto).

Pessoal! Vocês conseguiram entender que a Conitec só recomenda a incorporação de 2 biológicos nesta consulta pública?

Você, paciente e profissional da saúde com experiencias positivas sobre o uso dos biológicos para colite ulcerativa devem se manifestar na Consulta Pública 44. Por que? Porque esses dados de vida real podem levar a Conitec entender a que todos os biológicos avaliados são fundamentais para o sucesso do tratamento dos pacientes.

Como contribuir então?

  • Leia o Relatório Técnico se você for profissional da saúde.
    • Dar a sua contribuição no formulário “Técnico Científico”.
  • Leia o Relatório para a Sociedade se você for paciente, familiar, amigo.
    • Dar a sua contribuição no formulário “Experiência ou Opinião”.

Juntos Somos Mais Fortes

Aproveite para conversar sobre a colite ulcerativa com seus familiares, amigos e pessoas próximas. Convide-as para contribuir também! Você faz parte de alguma associação de pacientes? Converse com o pessoal da associação para organizarem uma reunião com o tema da consulta pública. Seja também um agente de engajamento para que essa consulta pública seja um sucesso e traga grandes melhorias para a qualidade de vida das pessoas com colite ulcerativa.

Vou manter esse assunto aqui em destaque durante esse período de 20 dias (até 19 de agosto pessoal!) que a Consulta Pública Nº 44 estiver aberta. No próximo texto vamos conversar sobre a outra consulta pública em aberto, Nº 45, sobre a incorporação do vedolizumabe, solicitada pela Takeda Pharma Ltda, empresa fabricante.

Vamos juntos construir um PCDT para colite ulcerativa exemplar! Dúvidas? alessandra@farmale.com.br

Fonte: Conitec

Siga nas redes sociais:
error

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui