Começou com sangramento fui no médico ele pediu exame e disse que era retocolite ulcerativa, então fiquei fazendo tratamento cada dia piorava mais. Eu ia no consultório ele falava que eu estava bem fui perdendo peso diarreia direto, eu fazia na roupa, na rua. Começou a dar fístula no bumbum quase morri de dor e o sangramento não parava, eu ia definhando, não comida nem dormia tinha anemia e depressão. Fazia transfusão de sangue e nada, tinha infecções de urina recorrentes, comecei a inchar aí procurei o urologista. Ele pediu ultrassom dos rins, levei no médico pedindo a Deus que me mandasse um anjo, aí fui atendida pelo melhor urologista do hospital quando ele viu o ultrassom disse que meus rins podiam parar de funcionar e me internou, aí chamou outra médica e ela disse que eu precisava fazer cirurgia. Depois de um mês internada fiz a cirurgia, quando a médica cortou minha barriga meus órgãos estavam fora de lugar então depois disso eu uso bolsa de colostomia. Sofro com isso porque é difícil aceitar, apesar de que hoje eu vivo muito bem mais. Eu tenho 49 anos e queria muito refazer minha vida. Mas como quem aceitaria uma pessoa que usa bolsa de colostomia? Tomo Humira, azatioprina, remédio pra depressão e para dormir. Sou Valdete Silva, pode me chamar de Val, 49 anos, separada 3 filhos adultos e 2 netos, em plena vitalidade. Gostaria muito de fazer muitos amigos porque quem tem um amigo nunca está só. Beijo.
 
Meu nome é Valdete Silva, tenho 49 anos, moro em Franca/SP, sou Do Lar, tenho Retocolite Ulcerativa.
 
Conte sua história também! Expressar-se tranquiliza a dor.
Compartilhe a sua história aqui.  Para ler os depoimentos clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui