Desde de muito cedo , vi meu pai , ” sofrer ” com efeitos e causas da doença de Crohn , mesmo sabendo da possibilidade de ter, por meio hereditário, nunca pensei que teria, a doença,  ter hábitos saudáveis era necessario… 
Aos 34 anos comecei a sentir dores abdominais, fezes com sangramento e ao fazer os exames veio a notícia tenho Reto colite ulcerativa, tenho 2 irmãs , e 1 delas tem Crohn, hoje controlada a doença cuido da alimentação e faço uso das medicações, é bem difícil conviver com uma doença crônica , porém é tratável isso me conforta, agradeço a Deus por estar bem. Se cuidem busquem orientação e tratamento. 

Meu nome é Débora Levy, tenho 35  anos, moro no Rio de Janeiro, sou estudante de Enfermagem, tenho Retocolite Ulcerativa.
 
Conte sua história também! Expressar-se tranquiliza a dor.
Compartilhe a sua história aqui.  Para ler os depoimentos clique aqui.
Siga nas redes sociais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui