As Doenças Inflamatórias Intestinais (DII) são doenças inflamatórias crônicas, progressivas e recidivantes, de etiologia indefinida.

As DII são representadas, principalmente, pela retocolite ulcerativa (RCU) e doença de Crohn (DC), que comprometem de modo diverso o trato gastrointestinal, sobretudo íleo e outros segmentos do jejuno, muitas vezes o colón na DC e apenas cólon e/ou reto na RCU.

A DC e a RCU são condições com características clínicas e patológicas que se sobrepõem, no entanto têm algumas particularidades distintas.

A DII representa uma condição clínica que pode ocorrer em qualquer idade, desde a infância à idade adulta tardia

Há vários fatores predisponentes para o seu desencadeamento, tais como os genéticos, ambientais, imunológicos e um papel importante representado pelo desequilíbrio da microbiota intestinal, alterações na permeabilidade e na resposta imune da mucosa.

As DII apresentam uma distribuição mundial, com incidência crescente nas ultimas décadas em todas as áreas geográficas, com dois picos de incidência, um na adolescência e outro na vida adulta.

As crianças também são acometidas e a incidência nesta faixa etária também vem aumentando.

É relatado em alguns estudos, um pico de incidência aos 60-70 anos mas isto não tem confirmação definida.

Fontes:
Santos, Gilton Marques dos, Silva, Luciana Rodrigues, & Santana, Genoile Oliveira. (2014). Repercussões nutricionais em crianças e adolescentes na presença de doenças inflamatórias intestinais. Revista Paulista de Pediatria32(4), 403-411. https://doi.org/10.1590/S0103-05822014000400018.
Ferreira, Sandro, Troncon, L.E.A. Doenças Inflamatórias Intestinais. FMRP-USP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui