Há alguma preocupação de segurança em relação à vacinação contra COVID-19 em pacientes com DII?

A eficácia e segurança das vacinas contra a COVID-19 não foram avaliadas nesta população. No entanto, considerando as plataformas em questão (vetor viral não replicante e vírus inativado) é improvável que exista risco aumentado de eventos adversos.

 

A avaliação de risco benefício e a decisão referente à vacinação ou não deverá ser realizada pelo paciente em conjunto com o médico assistente, sendo que a vacinação somente deverá ser realizada com prescrição médica.

Posicionamento GEDIIB – Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil

 

Não há evidências que sugiram um risco aumentado da vacina contra COVID-19 em pacientes com DII.

 

Embora seja possível que outras vacinas estejam disponíveis em breve, é importante ressaltar que, para as listadas na Tabela 1, a imunossupressão não é uma contraindicação.

 

 

Além disso, as vacinas contra COVID-19 foram testadas em dezenas de milhares de pacientes com perfis de segurança muito semelhantes a outras vacinas comumente usadas em pacientes com DII, como a vacina contra a gripe.

Fontes:

GEDIIB – Posicionamento sobre a vacinação para SARS-CoV2 em pacientes com DII
Fonte: Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19. Segundo Informe Técnico. 23/01/21. MINISTÉRIO DA SAÚDE, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui