Farmácia Móvel começa a atender em Rio Pardinho

Desde terça-feira, cerca de 60 pessoas compareceram à unidade de saúde durante o dia. A Farmácia Móvel de Santa Cruz do Sul começou a funcionar nesta terça-feira, 23, e Rio Pardinho foi a primeira localidade contemplada pelo serviço, que estará à disposição dos usuários do SUS, uma vez por mês, conforme calendário divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesa). Nesta terça, cerca de 60 pessoas compareceram à unidade de saúde durante o dia e puderam retirar medicamentos de uso contínuo para tratamento de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, além de remédios de uso controlado para outras enfermidades.

A aposentada Jurema Kuentzer, de 65 anos, sofre de dores na coluna e nos membros inferiores, além de ter hipertensão, problemas de tireoide e colesterol elevado. Mesmo com receituário do SUS, ela enfrenta sérias dificuldades para ir até a Farmácia Central retirar os medicamentos prescritos pelo médico. “Meu marido está doente e os filhos trabalham, também não podem ir. De vez em quando eu até ia, mas tenho dor e nem sempre consigo. Aí acabo comprando mesmo, mas o salário não chega”, lamentou.

Depois de retirar os medicamentos na sala reservada para a dispensação, Jurema ainda foi conduzida pelas agentes de saúde para uma conversa com a farmacêutica. Ali permaneceu durante cerca de meia hora, recebendo algumas orientações. 

Polifarmácia

Assim como a dona Jurema, muitas pessoas fazem uso do que se convencionou chamar de polifarmácia, ou seja, ingerem uma grande quantidade de medicamentos prescritos por diferentes médicos especialistas, sem se dar conta dos riscos que a interação pode causar. Com a atenção farmacêutica, agora possibilitada pela criação da Farmácia Móvel, aproximando profissionais da saúde e usuários dos serviços, a ideia é avaliar melhor caso a caso e reduzir esse uso excessivo.

Segundo a farmacêutica da secretaria, Débora Hermes, o contato com o paciente é muito importante, especialmente no caso das pessoas acima dos 65 anos que, ao longo dos anos, vão acumulando várias patologias. “Nós conversamos sobre a questão da interação medicamentosa, perguntamos se o paciente tem alguma alergia, se fuma, se bebe, explicamos como essas substâncias podem interferir no tratamento, tirar ou potencializar o efeito de um remédio”, disse.

“Às vezes a pessoa começa a tomar um medicamento para tratar uma depressão e segue por anos fazendo uso, sem retornar ao médico para uma nova avaliação. Com esse contato mais próximo poderemos traçar um perfil desses pacientes e auxiliar no tratamento”, explicou.

Para o secretário municipal de Saúde, Régis de Oliveira Júnior, ir ao encontro das comunidades faz toda a diferença quando o assunto é saúde. “Conhecer a realidade das pessoas é fundamental porque saúde e doença estão diretamente relacionadas às condições de vida, à cultura e aos hábitos de uma população. Quando a gente fala de atenção básica, a palavra já diz tudo, o que as pessoas precisam é de atenção”, ressaltou.

O projeto Farmácia Móvel vai beneficiar uma população de 12.480 usuários. Enquanto o ônibus que servirá de unidade móvel está em reforma, outro veículo fará o transporte dos medicamentos e uma sala do posto será utilizada para a entrega dos mesmos.

A próxima visita da Farmácia Móvel acontece nesta quinta-feira, 25, em Pinheiral. Em São José da Reserva, o serviço começa no dia 15 de maio, e em Linha Santa Cruz, no dia 21. Futuramente o projeto Farmácia Móvel também irá oferecer terapias alternativas, grupos de saúde mental e social, orientações sobre o uso de ervas medicinais, entre outras atividades.

Fonte: GAZ

VISITE AQUI A PÁGINA NO FACEBOOK, O INSTAGRAM FARMALE E O CANAL FARMALE! NÃO ESQUEÇA DE CURTIR A PÁGINA PARA SABER DE TODAS AS ATUALIZAÇÕES DO BLOG! COMPARTILHE ESSA INFORMAÇÃO COM ALGUÉM QUE POSSA ESTAR PRECISANDO DELA! O FARMALE É UM ESPAÇO INFORMATIVO, DE DIVULGAÇÃO E EDUCAÇÃO SOBRE TEMAS RELACIONADOS COM SAÚDE, NUTRIÇÃO E BEM-ESTAR, NÃO DEVENDO SER UTILIZADO COMO SUBSTITUTO AO DIAGNÓSTICO MÉDICO OU TRATAMENTO. O FARMALE É O BLOG OFICIAL DA ALEMDII – ASSOCIAÇÃO DO LESTE MINEIRO DE DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS.

Siga nas redes sociais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui