A minha história com a doença de Crohn começou no ano de 2006, Agosto.

Tinha acabado de chegar de viagem de um país quente. Estava relaxada, pois tinha estado de férias 2 semanas e regressava ao trabalho.

Certo dia estava a trabalhar quando me começou a dar umas dores muitos fortes no fundo do abdômen. A certa altura pensei que pudesse ser a menstruação.

Mas as dores pioraram e com a intensidade desmaiei.

As febres de 40º começaram, a obstipação, dores no corpo e nada mais. Durante este período nunca tive diarreias nem vomitava.

Primeira ida a urgência, intubada pois diziam que tinha muito ar nos intestinos. A febre baixava e eu regressei a casa. Passado 2 dias novamente nas urgências com febres de 40. As tensões muito baixas ao ponto de desmaiar sempre que me levantava. Estava a viver um pesadelo!! Ninguém me podia tocar na barriga, os enjoos eram uma constante. Fui internada no serviço de Gastroenterologia durante 2 semanas. Primeiro disseram que eram salmonelas, depois já diziam que foi uma bactéria. Ao fim desse tempo já não fazia febre e conseguia ir á casa de banho (banheiro). Uma colonoscopia dolorosa e inconclusiva. As dores a fazer este exame sem anestesia eram de morrer!!!

Quatro dias depois de estar em casa as febres voltaram

Lá fui eu para as urgências novamente. Após vários exames chegaram á conclusão que tinha uma apendicite aguda, quase em peritonite.

Estava pronta para ir ao Bloco operatório. Chorava tanto, de alegria. Pois finalmente já sabia o que tinha .

Mas não, não foi desta! Uma médica suspeitava a Doença de Crohn. Interrompeu a cirurgia e internou me no serviço de cirurgia. Passei mal, muito mal! Vi pessoas ao meu redor a perder a vida! Mulheres novas como eu na altura! Tinha eu 25 anos!!

Era uma rapariga que se tratava mal. Fumava, bebia, tinha uma alimentação péssima. Mas por outro lado acreditava numa saúde plena, praticava yoga e ginasio! Contradições da Vida!! Sou formada na área de Saúde e Bem estar! Era a minha obrigação praticar aquilo que aprendia!!

Fiz mais uma serie de exames! Tudo inconclusivo!

Ao fim de 1 semana a minha medica veio me dizer que suspeitavam que eu tivesse a Doença de Crohn. Já não tinha febres, pois toda a medicação que me foram dando, de uma forma ou outra fizeram o seu efeito.

Fui pra casa 4 semana, sem comer!! Emagreci 15kg. Cheguei a pesar 35kgs. Bebia chá, tomava um suplemento alimentar hipocalórico e hipoproteico com fins medicinais!!! Era tortura cheirar a comida lá de casa e nao poder comer!

Ao fim de 2 semanas voltei ao hospital para fazer um Transito intestinal! Beber uma papá intragável!! Exame incompleto! No ileocecal tinha um abcesso. As fezes não passavam!

Esperei 2 semanas pelos resultados

A médica ligou me no dia 19 de Outubro 2006 a informar que no dia 23 tinha que me apresentar no hospital para ser operada!!

Chorei de alegria e tristeza!! Alegria porque finalmente já sabia o meu diagnóstico. Tristeza porque não me acreditava que pudesse ter aquela doença!! Sem cura, com restrições para o resto da vida!!!

Tirei o apêndice e 50 cm de delgado e grosso!! Por laparoscopia e uma incisão de cesariana.

O pós operatório foi do mais doloroso que alguma vez passei. Tinha nascido outra vez. Tinham me dito que nunca podia ter filhos, pois tinha os ovários e trompas infeccionadas!!! O chão por baixo de mim desabou! Os líquidos, as papas, as idas à casa de banho!!!Tudo um maior pesadelo!!

Assim que comecei a melhorar, voltei á vida que tinha!! Estava furiosa, não me acreditava que tinha aquela doença!! Fumava, bebia álcool, fui viver para Londres! Simplesmente não aceitava.

Tinha que ter uma casa de banho comigo! Tinha medo de ir sair e não ter uma casa de banho por perto! Quando tinha que ir, era no momento!!

Passaram alguns 2/3 anos .As crises eram uma constante. Não me admirava pois só fazia asneiras!!! Até que conheci o meu marido!!! Casamos e eu engravidei! Foi a melhor notícia da minha vida!!

Durante a gravidez tive algum sangramento do reto. As fezes eram muito duras e voltei a visitar a minha médica. Qual o espanto dela quando me viu grávida??? Ficou radiante, pois concluiu que a cirurgia tinha sido um sucesso!!

Deixei de fumar e comecei a adoptar um estilo de vida mais saudável.O meu filho nasceu com muita saúde e o meu parto correu lindamente!!

Passado 1 ano voltei a fumar! Rapidamente deixei novamente!! Já lá vão 5 anos que não fumo! Adotei uma alimentação Vegan. Faço yoga e nao bebo álcool. Com a graça do Universo nunca mais tive problemas. Mas fui mais teimosa do que a doença. Confesso que com a mudança de alimentação sinto me muito diferente. Não quero dizer com isto que não peco!

Haja equilíbrio!!

É com isto que eu vivo! Já aceitei! Tomo os cuidados necessários. Sou feliz à minha maneira.

Podia ter sido pior? Podia! Por isso só muito grata por estar aqui hoje. A partilhar a minha história de vida.

Cada cicatriz, cada ida ao hospital, cada dia que passa diz-me o quanto eu sou forte! Sou mulher e mãe!

Hoje estou bem! Isso é o que importa!! Eu cuidar de mim, para poder estar com os meus! Espero que a minha partilha chegue a muitas pessoas e que vocês aí tenham gostado de ler!!

Um beijinho meu!!

Meu nome é Ana Maria, moro em Porto, Portugal, tenho 37 anos e sou Terapeuta de Saúde e Bem Estar. Meu perfil no Instagram: @becas.life.

Conte sua história também!

Expressar tranquiliza-a-dor. 

Compartilhe a sua história aqui

Para ler os depoimentos clique aqui

Visite aqui a página no Facebook e o Instagram Farmale!

Não esqueça de curtir a página para saber de todas as atualizações do blog!

Compartilhe essa informação com alguém que possa estar precisando dela!

O Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Siga nas redes sociais:
error

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui