Histórias para inspirar e muito!

 
Blake Beckford e Zoey Wright são ostomizado devido a complicações da retocolite ulcerativa e não deixaram que a doença roubasse seus sonhos. Ambos são fisiculturistas e utilizam as redes sociais para combater o estigma, conscientizar sobre as ostomias e as doenças inflamatórias intestinais e inspirar outras pessoas na mesma condição.

Já compartilhei outras histórias para inspirar aqui no blog, para quem não leu é só clicar no link:

https://www.farmale.com.br/2016/01/doenca-de-crohn-e-impedimento-para-uma.html

 
Os sintomas das doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn e retocolite ulcerativa) não se manifestam da mesma maneira em todo mundo, sendo assim, alguns conseguem superar as crises com mais facilidade do que outros. Não podemos julgar as pessoas usando exemplos de superação como esses que estou compartilhando aqui, pois cada um sabe da sua dor e das dificuldades que vem passando. O que eu desejo, compartilhando essas histórias, é levar um pouco de esperança e inspirar também aqueles que acreditam que uma ostomia é impedimento para ser feliz, ou aqueles que perderam a esperança de dias melhores. Trabalhar a aceitação é fundamental e procurar ajuda de um Psicólogo ou em grupos e associações de pacientes que apoiam outros na mesma condição também contribui para a melhoria da qualidade de vida, uma nova vida. 
 

Compartilho aqui com vocês matérias sobre eles e também como encontrá-los pelas redes sociais.

 
Parte da entrevista com a Zoey Wright na revista Marie Claire:

“Por pior que me sinta em alguns momentos, eu nunca deixo de me motivar. Sim, essa doença tirou meu intestino e me mudou fisicamente, mas por que deveria mudar também mentalmente?”, escreveu a inglesa em sua conta no Instagram, na qual compartilha fotos de sua rotina de malhação e alimentação saudável, sem se incomodar de exibir o saco de colostomia.


“Quando você tem paixão e um objetivo você sabe que nada vai te parar. A musculação vem sendo minha maneira de enfrentar tudo isso a cada dia. Sinto que estou no controle e que vou vencer a doença”, diz. 
Clique no link http://migre.me/uzGLT para ler todo o texto.

 
 
Parte do texto sobre Blake Beckford que encontrei no site Gastroclínica Cascavel:
 
Aos 21 anos, o fisiculturista Blake Beckford procurou um médico se queixando de uma fadiga exagerada e se deparou com um diagnóstico que virou sua vida pelo avesso: ele sofria de colite ulcerativa, uma inflamação do cólon. A doença intestinal lhe causou muita dor e desconforto, até que, em 2013, ele começou a usar uma bolsa de colostomia. Em vez de se envergonhar ou tentar escondê-la, Beckford tornou a bolsa um símbolo de sua afirmação. Ele virou modelo e lançou na internet uma campanha: “Combata o estigma”. Para ler todo o texto clique no link: http://migre.me/uzGN7
 

 

 

 
Para saber mais sobre Zoey Wright: 

Acompanhe o blog pelas redes sociais! Compartilhe e ajude a conscientizar mais pessoas sobre as DII!

 

#juntossomosmais #juntossomosmaisfortes #juntossomosmaisfortesqueadoença
#conscientizardii #farmale #farmaleachouostomia #farmaleachoudii

 

Siga nas redes sociais:
error

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui