Mesmo quando não há efeitos secundários ou quando eles são mínimos, pode ser cansativo se submeter a um regime fixo de medicamentos, mas tenha em mente que tomar medicamentos para controlar os sintomas pode reduzir consideravelmente o risco de crises de retocolite ulcerativa.

Entre uma crise e outra, a maioria das pessoas se sente bastante bem e livre de sintomas. A melhor maneira de controlar a retocolite ulcerativa é tomar a medicação seguindo a recomendação médica. Entretanto, é possível que os remédios não eliminem imediatamente os sintomas que você está sentindo. Pode ser que continue sofrendo ocasionalmente de diarreia, cólicas, náuseas e febre. Fale com o seu médico sobre os medicamentos que você pode comprar sem receita médica e tomar para aliviar esses sintomas. A maioria dos produtos contra gases e os suplementos digestivos são seguros e confiáveis, mas sempre converse com seu médico.

Para reduzir a febre ou diminuir a dor nas articulações, fale com o seu médico sobre tomar acetaminofeno em vez de drogas anti-inflamatórias não esteróides (AINEs), como a aspirina, ibufrofeno e naproxeno, pois estas podem irritar o seu sistema digestivo. Siga corretamente as orientações do seu médico.

Fonte:
Viver com a Retocolite Ulcerativa – ABCD

Conheça e saiba mais sobre o tratamento da RCU no SUS: PCDT Retocolite Ulcerativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui