Quais são as principais diferenças entre medicamentos sintéticos e biológicos?

Além das diferenças quanto à origem (biológica ou sintética), os medicamentos biológicos diferem dos sintéticos em muitos aspectos.

Medicamentos sintéticos: são em geral pequenas moléculas, constituídas de algumas dezenas ou poucas centenas de átomos e têm estrutura química bem conhecida. São moléculas estáveis e, dada sua natureza, podem ser replicadas de forma idêntica.

Medicamentos biológicos: são formados por moléculas grandes, complexas e construídas de milhares de átomos. São em geral instáveis e suscetíveis a alterações quando submetidas ainda que a pequenas variações das condições de conservação e armazenamento. Raramente estão disponíveis para uso oral, pois são inativados pelas enzimas digestivas e, por isso, necessitam ser administrados por via injetável ou por inalação.

Fonte: Entendendo os Medicamentos Biológicos – Interfarma

Leia mais:
Terapia Biológica na DII
O que são medicamentos biológicos?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui