Oiii pessoas lindas. Me chamo Thialla tenho 27 anos, eu vivia normalmente, saudável…reclamava q não usava meu plano de saúde… (nunca mais faço isso).
 
Em 2014 começou um desafio na minha vida.
 
Minha barriga começou a inchar e depois eu sentir muitas dores e tive q sair do interior para procurar ajuda na capital. Fui diagnosticada com apendicite: passei alguns meses no hospital sem melhora aparente… criei fistulas que não se fechavam. Tive alta voltei e fiz mais 2 cirurgias…  Esse período foram 5 meses… de idas e vindas no hospital. Eu sempre relato esse momento como o dia em que minha vida parou. Eu sempre tive uma vida ativa, trabalho estudo etc. Ali eu me vi sem saber o que fazer e o que seria da minha vida já q eu não sabia o q eu tinha.
 
Definhei… eu pesava 65 kg fui para 49. Fiquei um ano com buracos na barriga não me sentia uma pessoa normal… porque saía liquido intestinal no meu abdome… e eu não ganhava peso…  Até que em um dia bom… um dia feliz pq apesar de descobrir q eu tinha uma doença autoimune pra vida toda…eu finalmente saberia o q eu tinha para poder tratar corretamente. Fui diagnosticada com doença de Cronh em novembro de 2015… num estágio meio que grave da doença porque fiquei um ano sem tratamento porque não tive um diagnóstico. E ali sentir esperança de ter minha vida de volta sem buracos na barriga… sem me sentir estranha.
 
Comecei a tratar mais não tive muitos resultados pois meu intestino estava bem maltratadinho… A solução foi operar novamente e ai já se foram 4 cirurgias… Tive que fazer uma ileostomia, usar bolsa temporariamente… mas ia me livrar das fístulas isso era bom. Depois da cirurgia eu voltei a sentir vontade de comer (isso foi maravilhoso), me sentia com vida.
 
Eu não tive muito tempo de lamentar ter uma doença crônica, porque aprendi tanto com ela… Agradeço a Deus por me livrar de tantos sofrimentos passados e me dar a chance de viver apesar de ter passado grandes sustos.
 
Ainda vou fazer mais uma cirurgia para tirar a bolsa, mas confiante que o pior já passou.
E o que eu tenho a dizer pra vocês é:
 
Não importa quanto pareça difícil nunca desista de você.
 
Mais Saúde para todos Nós… E vida que segue.
 
Um beijo no coração de cada um.
 

 

Ps: resumi… pq a história é quase um livro.
 
Meu nome é Thialla Lirio, tenho 27 anos, moro na Bahia, sou Estudante, tenho Doença de Crohn.
 
Conte sua história também! Expressar-se tranquiliza a dor.
Compartilhe a sua história aqui.  Para ler os depoimentos clique aqui.
Siga nas redes sociais:
error

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui