Novela portuguesa com elenco brasileiro foi alvo de protesto em Portugal

O folhetim português Ouro Verde, transmitido pela TVI de Portugal em 2017, que conta com atores brasileiros no elenco, foi alvo de protestos. Pessoas que sofrem de Doença de Crohn, uma doença inflamatória intestinal, reclamaram da forma como o problema foi abordado na TV. A Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino (APDI) afirmou que o assunto está sendo tratado de forma incorreta.

Os protestos dos associados levaram a APDI a enviar uma carta à estação televisiva, disponibilizando-se para ajudar os responsáveis da novela a melhor perceberem a doença. “Temos clínicos no nosso conselho científico prontos a ajudar nesse sentido, assim como depoimentos de muitos dos cerca de 17 mil pacientes portugueses que são vítimas” da Doença de Crohn e de Retocolite Ulcerativa. Ambas são doenças autoimunes que provocam a inflamação do aparelho digestivo, sendo as zonas mais afetadas o intestino delgado e grosso.

“Em vez de estar a ser feito um trabalho meritório e correto, que poderia estar a contribuir para acabar com a iliteracia em saúde junto dos portugueses, relativamente às doenças inflamatórias do intestino, a TVI está a incorrer em erros terríveis, clínica e cientificamente, que só vão contribuir para aumentar o estigma e a falta de informação da população sobre a doença”, afirmou a APDI, que enviou, na época em que a novela era transmitida em Protugal, carta à TVI e se disponibilizou a ajudar os responsáveis pela novela a entenderem melhor a doença.

A vice-presidente da direção da APDI, Cândida Cruz, ainda afirmou: “Segundo os nossos sócios, a patologia em questão é apresentada na novela em causa como uma doença psicossomática, para a qual é aconselhado o uso de calmantes. Tal referência está absolutamente incorreta e errada”.

TVI afirmou ao Jornal de Notícias que “Ouro Verde é um produto de ficção que não se destina a servir de veículo de divulgação de informação científica”. E também destacou que a situação vivida na trama pela personagem Mônica Ferreira da Fonseca “foi inspirada num caso real, pelo que, podendo não ser a situação mais normal, é ainda assim plausível”. Na história, Mônica é interpretada pela atriz Sílvia Pfeifer. Além dela, também estão no elenco outros brasileiros, como Zezé Motta e Gracindo Júnior.

Amanhã, 15/7, será a estréia de Ouro Verde aqui no Brasil, às 20:20h, na Band. Vai substituir Minha Vida.

Fontes: Observatório da TV JN.PT

Leia mais: Farmale

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui