A chance de ter malignidade vai depender de alguns fatores

Para falar sobre pólipos, seria interessante saber quais são os tipos (📌já anotei para escrever 📝 mais sobre isso no Farmale). Nos Stories do meu perfil no Instagram sempre coloco algumas enquetes e deixo espaço para peguntas e em um desses momentos recebi a seguinte pergunta: Pólipos no intestino são comuns em DII? Pergunta enviada pela Talita.

✅ Pólipos hiperplásicos – são mais comuns na população em geral e não apresentam potencial maligno.
✅ Então nem todo pólipo tem característica de malignidade (virar um câncer), para estes, devemos ter uma atenção maior e os médicos irão solicitar exames periódicos para acompanhar o possível surgimento de novos pólipos.
✅ A chance de ter malignidade vai depender de alguns fatores como tamanho, quantidade e outras característica do tipo de pólipo, então, durante a colonoscopia o médico pode retirar e enviar para avaliação histopatológica.
✅ Pólipos adenomatosos (Adenomas) – podem se transformar em câncer, são considerados uma condição pré-cancerígena.
✅ Como pacientes de DII, estamos mais vigilantes sempre, pois realizamos exames para acompanhar a atividade da doença e a remissão também😉. Essa vigilância nos favorece no caso de ser uma lesão pré ou já cancerígena, já que o diagnóstico será rápido o que proporcionará tratamento no tempo certo que aumentam as chances de cura do câncer.
✅ Os pólipos hiperplasicos e adenomas ocorrem tanto na população saudável como nos pacientes com DII.
✅ Na DII podem ocorrer os chamados pseudopólipos, principalmente na Retocolite Ulcerativa.

Sua participação é muito importante e bem vinda

As perguntas que recebo pelos Stories são sempre muito importantes para todos nós e esse é um assunto que não lembro de ter compartilhado algo. ⠀⠀
🔎 Li alguns textos sobre e conversei com a Dra Bianca Schiavetti, que revisou com a super atenção de sempre para que eu pudesse compartilhar essas informações corretamente. 🙏 Muito obrigada Dra Bianca 💜
🙏 Muito obrigada também para vocês que seguem o Farmale, compartilhando suas dúvidas, depoimentos, dicas, críticas, elogios e claro, o carinho de sempre!

Dra Bianca Schiavetti: Título de Especialista pela FBG – Federação Brasileira de Gastroenterologia, Coordenadora da Regional SP (Capital, ABC e Baixada) do GEDIIB – Grupo de Estudo da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil, fundadora do GADIIBS – Grupo de Apoio das Doenças Inflamatórias Intestinais da Baixada Santista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui