Não se sabe ao certo quanto tempo o vírus que causa a Covid-19 sobrevive em superfícies, mas ele parece se comportar como outros coronavírus. Uma série de estudos aponta que os coronavírus (incluindo informações preliminares sobre o vírus que causa a Covid-19) podem persistir nas superfícies por algumas horas ou até vários dias. Isso pode variar conforme diferentes condições (por exemplo, tipo de superfície, temperatura ou umidade do ambiente).

Se você acha que uma superfície pode estar infectada, limpe-a com uma solução de água sanitária para matar o vírus e proteger a si e aos outros. Limpe as mãos com álcool 70% ou lave-as com água e sabão. Evite tocar nos olhos, boca ou nariz.

Solução para ser usada na limpeza de pisos e banheiros das residências onde não há pessoas com suspeita ou confirmação da Covid-19

Para o preparo, use uma garrafa ou um frasco com capacidade para 1 litro. Adicione um pouco de água à garrafa; separe 50 mL de água sanitária (como medidor você pode utilizar um copinho descartável para café) e acrescente na garrafa; na sequência, complete o volume da garrafa com mais água e agite para homogeneizar. Sua solução está pronta. Quando for limpar o piso da casa e o banheiro, despeje um pouco da solução em um pano limpo para umedecê-lo ou utilize um borrifador. Ao manusear a água sanitária é importante usar luvas a fim de evitar irritações na pele.

Solução de 25 ml de água sanitária para 1 litro de água

Pode ser aplicada, com pano ou borrifador, em diversos objetos, como embalagens de produtos, mesas, chaves e maçanetas. É uma forma de prevenção ao novo coronavírus para ser usada em casas onde não há pessoas com sintomas da Covid-19 ou infectadas.

Nessa dosagem, a solução não vai estragar os objetos e superfícies. A solução é diluída porque não adianta nada aplicar a água sanitária pura. Isso porque o que mata microrganismos é uma substância chamada ácido hipocloroso (HClO), que não existe em pH tão alto como o da água sanitária. Para que o ácido hipocloroso seja formado, é preciso baixar o pH, deixando-o entre 6,5 e 8,5, o que é feito com a adição de água (que tem pH levemente ácido). Assim,é garantida a formação da substância que vai agir contra o vírus. No próprio rótulo da água sanitária, há a indicação para que seja feita a diluição antes do uso. E mais: caso a água sanitária seja aplicada diretamente sobre a superfície, além de não ser efetiva contra os microrganismos, pode levar à corrosão do material. As orientações seguem as recentes informações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Quer saber mais sobre outras soluções e como aplicá-las? Acompanhe nossos próximos conteúdos.

Fontes:
Fiocruz
Organização Mundial da Saúde (OMS)
CFQ Conselho Federal de Química Facebook
CFQ Conselho Federal de Química Facebook


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui