Para hoje, amanhã e todos dias, que todo mal vire amor e que toda dor vire flor.
Sempre buscando manter o pensamento positivo, sem deixar a #esperança ir embora, sem desistir de lutar. Respirar fundo, fechar os olhos, acalmar o pensamento e a vontade de resolver tudo ao mesmo tempo, a vontade que tudo se resolva para ontem… vai com calma… e quando bater o cansaço, descanse de verdade, pois se você não fizer pausas, não vai ter energia para continuar.
Estou escrevendo isso pensando sobre o rumo que as doenças inflamatórias intestinais seguem, para alguns o tratamento surte efeito logo, para outros nem tanto, mas não podemos deixar a ansiedade nos prejudicar mais ainda e não podemos desistir. Eu recebi o diagnóstico em 2003, depois de alguns anos recebendo diagnósticos e tratamentos errados, então a doença de Crohn que é estenosante em mim, foi seguindo seu curso de fechar a passagem no meu intestino e os médicos revertendo isso, até que um dia a emergência chegou e a parte tão castigada do meu intestino se foi. Foi e deixou a remissão que venho lutando pela sua permanência desde 2013. Sim, lutando… pois junto vieram a intolerância à lactose e a #espondiloartrite. Tem dieta e exercícios físicos, tem o exercício diário de controlar a ansiedade, aprender a lidar com o estresse… então, a luta continua e a esperança também.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui