Bom dia, terça-feira!
Seja Gentil!
Segundo dia de #bosaaçoes e que tal irmos de gentileza?

 

Ao contrário do que muitos pensam, a gentileza não é uma escolha, e sim um instinto natural do ser humano. É o que indicam as pesquisas científicas feitas sobre o assunto até agora. E mais: como aponta o Science of Us, as pessoas aprendem a ser egoístas e escolhem o ser em determinadas situações.

 

Um estudo realizado por psicólogos da Universidade Yale, nos Estados Unidos, afirma que o primeiro instinto das pessoas é cuidar e salvar os outros. Os pesquisadores entrevistaram várias pessoas que tinham se arriscado por desconhecidos. “A maioria das pessoas acredita que somos instintivamente egoístas, mas nossos experimentos mostram que quando as pessoas dependem de seus instintos, elas são mais cooperativas”, explicou o psicólogo David Rand, de Yale, em entrevista ao Nautilus.
Os pesquisadores sugerem ainda que o egoísmo aparece quando as pessoas param para pensar antes de tomar uma atitude. Ou seja, a gentileza faz parte do instinto, o egoísmo é uma escolha.
Cultivar a gentileza melhora significativamente as nossas vidas. Quando somos gentis, principalmente se transformarmos isso num hábito enquanto somos jovens, tudo melhora: desde a satisfação da vida até a autorrealização e a saúde física. A gentileza é contagiosa, e ao sermos gentis ajudamos também a melhorar a vida dos outros e, consequentemente, contribuímos para que os outros melhorem a nossa.
Até mesmo nos momentos difíceis, seja gentil com os outros, mas acima de tudo, seja gentil consigo mesmo. É um gesto simples, mas que faz a diferença. Trate bem os outros e eles também vão te tratar bem. Trate bem a si mesmo e você pode esperar o mesmo dos outros.
“Trate bem os bondosos e trate bem também aqueles que não o são. Assim se alcança a bondade. Seja honesto com os que são honestos e também com os que não o são. Assim se alcança a honestidade”.-Lao Tzu-
 
Fontes:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui