Gostaria de dar meu depoimento.

Tenho doença de Crohn há 18 anos e por complicações da doença uso bolsa há 7 anos, tenho ileostomia definitiva. Há 2 anos estou com a doença em remissão e sem medicamentos.Sou casada há onze anos e meio e faz tempo que queríamos um filho mas não vinha, então quero testemunhar o nosso milagre chamado Théo. Independentemente de religião ou se vc não acredita em milagres peço respeito pelo meu post, quero aqui compartilhar minha experiência.

Tenho exames que mostram endometriose profunda e exame das trompas que mostram muitas aderências, estavam todas grudadas por causa da cirurgia de amputação do intestino grosso e o Ginecologista mandou nós irmos no especialista em fertilização pq eu não conseguiria engravidar naturalmente. Eu não fui pq não teria condições por causa do valor alto destes procedimentos e nunca tive vontade de tentar estes métodos, mas nunca perdi a fé que um dia iria completar minha família. Então veio a surpresa, 2 meses depois estava grávida.

Foi uma alegria imensa mas logo veio a preocupação, 5 dias após descobrir a gravidez tive um AVC isquêmico  provocado por trombofilia q tinha descoberto há alguns meses atrás e ainda estou com sequelas deste AVC. Na fisioterapia todos dizem que vou recuperar os movimentos mas é um processo longo e lento, estou sem o movimento da mão esquerda.

Com tantos acontecimentos, mesmo assim tudo corria bem com o nosso bebê, achávamos q ele viria prematuro por causa do uso da bolsa então viemos para Curitiba para ficar perto dos meus médicos do Cronh e de mais recursos para segurança do meu filho e da minha própria vida pois moramos no interior de MT e não tem muitos recursos por lá. Estou há 4 meses aqui e com esperanças de voltar pra minha casa até fevereiro assim q toda a equipe de médicos dizer que é seguro e posso voltar. Fizemos uma mudança de vida para adaptar todas estas alterações na nossa vida mas tudo deu certo. Achávamos q teríamos um bebê prematuro mas ele aguentou firme até 38 semanas e nosso Théo veio ao mundo dia 13 de dezembro com 3,095 kg, com 50cm e super saudável.

Foi uma gestação abençoada, não tive nenhuma intercorrência, nenhuma emergência e nenhum susto.

Foi perfeito pq Deus é perfeito e não faz o milagre pela metade. Fui abençoada e eu e minha família louvamos a Deus por tudo! Venho aqui para encorajar outras mulheres e dizer q cada caso é um caso, eu tinha exemplos de amigas q tiveram emergências graves como também de outra que teve um gravidez tranquila, eu posso dizer que comigo foi perfeito e tranquilo. Estou me recuperando super bem da cesárea e nosso Natal foi muito emocionante por tudo q está acontecendo na minha vida!

Eu e minha família estamos radiantes de felicidade! Só tenho coisas boas para dizer da gravidez e coisas melhores ainda pra dizer depois do nascimento do meu filho!E o nosso milagre se chama Théo José Pauli de Jesus ️

Meu nome é Patrícia Cristina Pauli de Jesus, sou de Sinop/MT, tenho 38 anos sou Pedagoga aposentada por invalidez, tenho Doença de Crohn, meu perfil no Instagram: @patipaulij

Conte sua história também! Expressar-se tranquiliza a dor.
Compartilhe a sua história aqui.  Para ler os depoimentos clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui