Ninguém sabe a causa exata da doença, mas há uma explicação multifatorial

Ninguém sabe a causa exata da doença, mas uma coisa é certa: nada do que você fez causou a retocolite ulcerativa. Ninguém o contagiou. Não foi algo que você comeu ou bebeu que provocou o surgimento dos sintomas. Uma vida cheia de estresse não causou a doença, ou seja, não se culpe!

Quais são algumas das causas mais comuns?

A maioria dos experts pensa que há uma explicação multifatorial. Significa que diversos fatores precisam trabalhar em conjunto para que a retocolite ulcerativa se manifeste.

Suspeita-se que três fatores principais sejam determinantes para o surgimento da RCU:

1) Ambiental;
2) Genético;
3) Imunológico, a partir de uma reação inapropriada do sistema imunológico.

O mais certo é que uma pessoa herde um ou mais genes que a torne suscetível a ter retocolite ulcerativa. Algo no ambiente faz com que o sistema imune responda de forma anormal. Os pesquisadores ainda não identificaram exatamente as causas ambientais, mas, quaisquer que sejam, elas levam o sistema imune das pessoas a “atacar” o intestino grosso. E assim começa a inflamação. O sistema imune desajustado não controla a inflamação que continua danificando a parede do cólon, causando os sintomas da retocolite ulcerativa.

Fonte: Viver com a Retocolite Ulcerativa – ABCD

Leia mais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui