A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) iniciou no dia 08 de outubro/2020 consulta pública para atualizar a lista de coberturas obrigatórias dos planos de saúde.

A ANS anunciou a recomendação preliminar positiva para a incorporação para Retocolite Ulcerativa (RCU) de Infliximabe, Golimumabe e Vedolizumabe na Saúde Suplementar (planos de saúde), para os pacientes com doença moderada à grave que não responderem ao tratamento convencional. Observe que não é uma recomendação por classe terapêutica e sim por medicamento. Sendo assim, precisamos participar dessa consulta pública e exigir a incorporação por classe terapêutica (terapia imunobiológica endovenosa ou subcutânea) e não por medicamento. 

Assim teremos uma equidade com o que oferecido nos planos de saúde para o tratamento da doença de Crohn. “Tecnologia de Saúde: TERAPIA IMUNOBIOLÓGICA ENDOVENOSA OU SUBCUTÂNEA (COM DIRETRIZ DE UTILIZAÇÃO) – Doença de Crohn”. Essa informação você encontra no site da ANS – Rol de Procedimentos 2018 (atual em vigor).

Novos medicamentos estão sendo desenvolvidos e quando forem aprovados pela ANVISA, estarão fora desse novo rol da ANS, teremos então que aguardar 2 anos ou mais, para uma nova avaliação.

Participe da Consulta Pública nº 81 concordando parcialmente com o que está sendo proposto para o tratamento medicamentoso da RCU! Precisamos:

  • Arsenal terapêutico ampliado, medicamentos com vias de administração e mecanismos de ação diferentes.
  • Pacientes que não respondem inicialmente a determinado biológico terão mais opções disponíveis para o sucesso do tratamento.
  • Um arsenal terapêutico completo de tratamento medicamentoso, aprovado pela ANVISA, para o tratamento da RCU que pode gerar competitividade que impacta nos valores dessas medicações.
  • Equidade com o que é oferecido nos planos de saúde para o tratamento da doença de Crohn.

Lembrando que temos até 21 de novembro para contribuir!

Clique aqui e confira a nota técnica contendo a lista completa das recomendações preliminares para as propostas de atualização do Rol.

Os documentos relacionados à Consulta Pública nº 81 estão disponíveis no site da ANS – confira aqui. O recebimento das contribuições ocorre no período de 08/10 a 21/11, exclusivamente por meio dos formulários eletrônicos disponibilizados na página.

Para contribuir:

Consulta Pública nº 81 – Contribuições para recomendações relacionadas às propostas de procedimentos. Aqui podemos contribuir com a calprotectina fecal e cápsula endsocópica.

Consulta Pública nº 81 – Contribuições para recomendações relacionadas às propostas de medicamentos. Aqui podemos contribuir em relação aos medicamentos.

Escreva na justificativa a importância desses exames e medicamentos para você, conte a sua jornada de paciente, fale da importância da inclusão por classe terapêutica para que você tenha mais opções de medicamentos disponíveis. Fale com seu médico e outros profissionais da saúde envolvidos com o seu tratamento para contribuírem também!

Principais recomendações avaliadas para o próximo rol da ANS na Consulta Pública nº 81:

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui