Fístulas afetam cerca de 30% das pessoas com a doença de Crohn

São feridas profundas ou úlceras dentro do trato intestinal que podem se tornar “canais” anômalos que ligam diferentes partes do intestino. As fístulas podem também penetrar os tecidos que circundam a bexiga, vagina ou a pele. Essas passagens anômalas, que afetam cerca de 30% das pessoas com a DC, frequentemente inflamam e produzem grande desconforto local. Se a fístula é pequena, os antibióticos ou outras formas de tratamento médico podem resolver. Porém, em casos de fístulas múltiplas e complexas, a cirurgia (colocação de sedenho) associados ao uso de medicamentos (principalmente as drogas biológicas como os anti-TNF) são, atualmente, a opção que mais traz resultado satisfatório.

Fonte: GEDIIB

Leia mais: Fístula Anal

Visite aqui a página no Facebook, o Instagram Farmale e o Canal Farmale! Não esqueça de curtir a página para saber de todas as atualizações do blog!
Compartilhe essa informação com alguém que possa estar precisando dela!
O Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento.
O Farmale é o blog oficial da ALEMDII – Associação do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais

 

Siga nas redes sociais: